logoNova017

 

INTRANET | WEBMAIL
       aemerj@aemerj.org.br
 Av. Rio Branco 245, 20º andar
 21 2544-2561 / 21 2544-2348 
Centro  CEP - 20040-009

Destaques

Municipalismo e Ação

Líder do PMDB defende inicío de discussão sobre aposentadoria do STF

 

Rio de Janeiro 03/03/2015

O líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), defendeu há pouco que o Plenário inicie nesta terça-feira a discussão da Proposta de Emenda à Constituição 457/05, que aumenta de 70 para 75 anos a idade máxima para a aposentadoria compulsória de ministros dos tribunais superiores e do Supremo Tribunal Federal.

Ele disse que defende a mudança apenas para os magistrados de altas cortes, e não para todos os servidores, como defende o PT. "Vamos apresentar preferência para o projeto do Senado, que estende para 75 anos a aposentadoria dos ministros dos tribunais superiores, do STF e do TCU", disse.

Ele informou que ainda não há acordo sobre a proposta. Picciani informou que pode ficar para a semana que vem a discussão do projeto (PL 5201/13) que renegocia a dívida de clubes de futebol, conhecido também como Proforte e Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte.

Picciani também comentou o jantar realizado ontem entre a presidente Dilma Rousseff e lideranças do PMDB. Ele disse que a presidente se comprometeu a dar mais espaço ao PMDB no processo decisório. "Ela entendeu que o PMDB não quer tratar de cargos, mas quer participação no processo decisório, debater a formulação das decisões", disse.

Segundo ele, a presidente vai realizar reuniões periódicas com os líderes da base e convidou o vice-presidente da República, Michel Temer, a compor o núcleo de poder do governo.

AEMERJ pelos Municípios

Facebook

diarioOficial   bnFpm 
  bn galeria fotos   oim